25.4.14

antes que eu me esqueça

furor

e esses rumores do retorno do oasis, que me faiscaram um desejo de que de fato voltassem? eu gosto do oasis assim:

1) be here now
2) what's the story morning glory
3) the masterplan
3) familiar to millions

quanto ao dig whatever, truth something e mesmo o primeirão, nem tô nem nunca tive (exceto lyla, boa canção)

mas o engraçado é ouvir don't look back in anger na esperança de que ela seja capaz de purgar as algúrias de nossos para sempre machucados corações.

mas ela é, na real. cheguei a suspirar alta e esbaforidamente.

mas eles não vão voltar, pelo menos por enquanto. diz que o liam só tuitou aquilo pra avisar que tava indo pra expo oasis lá (que aliás, wtf?).

quem tá se ensaiando pra voltar são os libertines, e eu estou muito feliz, pois depois de perder o barat em porto alegre, seria genial vê-lo com o pete doherty, acabaria com a minha episódica frustração.

de como não fui no show do carl barat:

o show era tipo, supondo, 17 de abril (de dois mil e quinhentos anos atrás) e eu pedi um vip pra 17 de fevereiro. e consegui, hahahaha. daí quando me dei conta do erro (no não-dia do show), eu avisei os vipeiros que viajei e eles até me perdoaram, mas fiquei com vergonha de pedir na data certa e não tive grana pro ingresso e assim termina mais uma desventura que se assoma a grave digger, nile, cornor oberst e alguns outros que perdi ou para a total mongolisse, ou para a pobreza crônica.

coisa triste esse sol, esse inverno e essa maravilha de cidade em conjunção comigo.

boooooooooom

explosão de tristeza acumulada faltou aprender a achar legal, gostar, aproveitar, relaxar, curtir, achar bonito, achar bacana, pensar positivo, ser paciente, aprender com os erros, aproveitar o tempo, investir no que se gosta, aprimorar o que se precisa, viver com o que se quer, desapegar do que não se quer, assumir o que carece, sei lá, um monte de coisa só tristeza ontem hj sempre aleluia

15.4.14

diferentemente

aqui uma boa descoberta, via inthecrystallake.com

e aqui um disco absolutamente perfeito pra se ouvir sozinho tempos de frio e de mais do mesmo, só que diferentemente